Sobre

Nesta cidade de Tavira, há conhecimento e provas de vestígios de produção e utilização de sal datados de 4000 a.C (segundo arquivos na Biblioteca Municipal).

Rui Simeão – Tavira Sal é uma marca registada sob o n.º 360713V do INPI, em nome do produtor Rui Francisco Neves Dias. Proveniente de uma família de 5 irmãos moleiros de azenhas de mar, em propriedades contíguas mas independentes, que face à revolução industrial foram substituídas por moagens que trabalhassem 24 horas diárias. O que não acontecia nas azenhas de mar pois dependiam das marés, podendo trabalhar cerca de 4/5 horas diárias. Face às condições do comércio da transformação do cereal em farinha alimentar e aos custos associados, os terrenos anexos às azenhas de mar foram transformados em salinas de atividade artesanal.

Nesta família em atividade permanente ao longo de 5 gerações e nesta propriedade desde 1905. O conhecimento foi passado de pais para filhos ao laborarem esta atividade artesanal, nas suas próprias propriedades, sendo que o primeiro moleiro desta família começou a sua atividade em 1860.

Junho 1955 – Aquando da otimização e utilização de todos os terrenos da totalidade da propriedade

Situada no Parque Nacional da Ria Formosa, a 500m da barra de Tavira, longe de fontes de poluição. O prestigiado posicionamento relativamente à entrada de água do oceano, permite ter uma qualidade ímpar de argilas que estão implantadas, assim como do produto final.

Vista aérea da salina até ao mar

Esta unidade de produção de Flor de Sal e Sal Artesanal, constituída por uma salina com cerca de 13 hectares, considerada por muitos uma salina modelo devido à sua implementação no terreno, proporção entre viveiros e cristalizadores, assim como nos processos utilizados para produção e colheita.

Vista aérea da salina
Várias secções que devem constituir uma salina

%d bloggers like this: